24 anos depois, regressamos à Aldeia Mágica de Drave, nas profundezas da Serra da Freita.

Da primeira vez, em 1996, visitamos esta encantadora aldeia integrados numa iniciativa do Moto Clube do Porto, que nesse ano decidiu oferecer um Cabaz de Natal ao casal Martins, os dois últimos habitantes da aldeia.

Momento que com certeza perdurará na memória de todos aqueles que nele participaram. E foram muitos!…

 

O início da jornada na Aldeia Mágica de Drave

Desta vez, a Pictury Photo Tours, Passeios Fotográficos em Portugal, reuniu a sua equipa e partiu à (re)descoberta de Drave.

Há muito tempo uma aldeia desabitada, mas que, pela fascinante beleza e mística que a envolve, atrai cada vez mais o interesse de amantes da natureza e do património arquitectónico e cultural português. No entanto é preciso respeitar e preservar este património.

Mágica Aldeia de Drave
A equipa da Pictury na aldeia de Drave

Mais do que as imagens que podemos recolher e partilhar, nada se compara à experiência de sentir a cada momento o impulso de descoberta.

Este sentimento acompanha-nos ao longo de todo o percurso para lá chegar.

Em 1996 fizemos a abordagem pelo sul, descendo desde o topo da serra por picadas empedradas de difícil acesso e sem qualquer sinalização.

Enfim, não havia internet nem gps no telemóvel, pelo que fomos tateando até que a dada altura, ao desfazer uma das muitas curvas que íamos vencendo, aí estava ela no seu silêncio como que à nossa espera.

A verdade é que ainda hoje me arrepia ao lembrar-me deste momento!

Levamos as motos (de estrada!?!?), até onde foi possível, e a partir daí as últimas centenas de metros fizemos a pé.

Sentimos a cada passo que estávamos a entrar num mundo mágico e a construir uma estória que nos acompanharia toda a vida.

Drave-Aldeia-Mágica
Aldeia Mágica de Drave em 1996

A entrada grandiosa em Drave

Assim que atravessamos o riacho que circunda a aldeia e cruzamos os pilares que assinalam a entrada, levantamos a cabeça em direcção ao casario.

Deixamos o olhar percorrer pelas montanhas envolventes e pelo majestoso céu que nos abençoava esta jornada.

Nós estávamos de facto a entrar “noutro mundo”, que podia ser em qualquer recôndito lugar do globo, mas era em Portugal (o tal, que tanto amo e que tão bem conheço!).

Em Junho de 2020, regressamos, mais velhos, mais maduros, se calhar mais contemplativos e na nossa missão de levarmos Portugal a todos, portugueses e estrangeiros, e levarmos todos a conhecer Portugal, também aquele que se calhar poucos ainda conhecem.

Juntamos toda a equipa da Pictury Photo Tours, e partimos a caminho de Drave.

No entanto. desta vez pelo caminho de nascente que parte da vizinha aldeia de Regoufe.

A Natacha Guevara e a Ana Almeida, nem faziam ideia da existência desta mágica aldeia, e tão pouco imaginavam o que iriam encontrar…

Enfim, talvez um dia, alguém com mais arte para a escrita se interesse em escrever a estória desses dias.

 

José Manuel Santos

         Foto Tour Lider