2 dias
Duração
4/10
Dificuldade

A quem se destina este passeio fotográfico?

A todos aqueles que, portugueses ou estrangeiros, pretendam visitar e conhecer o Porto num ambiente mais fotográfico e artístico, guiados e apoiados por um fotógrafo profissional, português, nativo da cidade, que a percorre há muitos anos sempre de câmara fotográfica na mão e na companhia de colegas de viagem que partilham a mesma paixão pela fotografia e que têm o desejo de obter e levar consigo as mais belas imagens e momentos que a cidade pode oferecer.

Momentos de Destaque

Percorremos a fundo toda a zona histórica, pela turística zona ribeirinha, até às ruas mais escondidas, mas encantadoras. Subiremos até aos mais belos miradouros e passaremos pelos mais importantes monumentos e despedimo-nos no rio Douro.

SÁBADO

O ponto de encontro será no Largo da Sé junto à catedral.
Atravessamos a ponte Luis I pelo tabuleiro superior subindo ao miradouro da Serra do Pilar.
Daqui apreciaremos o esplendor do centro histórico do Porto.
Descemos à zona ribeirinha de Gaia, cruzamos a ponte pelo tabuleiro inferior e reentramos no Porto.
Chegados à zona da ribeira, apreciamos e registamos o sempre curioso movimento citadino.
Subimos à catedral por ruas estreitas aproveitando os miradouros para o rio e para os telhados do centro histórico.
Voltamos a descer por mais uma encantadora rua sempre atentos aos pormenores e aos momentos que vão surgindo.
Voltamos s subir mais um pouco para apreciar as belas vistas do miradouro do Passeio das Virtudes, para depois um pouco mais à frente, desfrutarmos da extraordinária perspectiva que o miradouro da Vitória nos oferece.

Ali ao lado, instalado num imponente edifício que já foi cadeia, encontra-se o Centro Português de Fotografia com exposições que valem bem uma visita.

Atravessamos o Jardim da Cordoaria pela Alameda dos Plátanos onde se encontra por entre
estas bizarras mas belíssimas árvores, o conjunto de esculturas de Juan Muñoz, “Treze a rir uns dos outros”, Talvez um dos locais mais charmosos da cidade.
Logo ali à frente entramos na Livraria Lello eleita uma das mais belas e fotogénicas livrarias do
mundo.
Atravessamos a rua e vamos subir à Torre dos Clérigos lá em cima, mais perto do céu,
agarramos com as nossas objectivas as grandiosas vistas da cidade.


Pausa para almoço


Depois de passarmos pela Estação de S. Bento, retomamos o percurso pela Rua 31 de Janeiro, onde apreciaremos algumas das mais belas montras comerciais que a cidade tem para oferecer e a igreja de Santo Ildefonso com a fachada revestida de belos azulejos.

Cruzaremos a Praça da Batalha onde se encontra o magnífico Teatro de S. João.
De seguida, descemos até ao troço das muralhas fernandinas para o desfrute da magnífica panorâmica sobre a ponte Luis I, o rio Douro, a Serra do Pilar e, como sempre, os telhados do centro histórico. Desceremos até ao rio pelas escadas dos Guindais e voltaremos a subir pelo funicular com o mesmo nome.

Passaremos pela belíssima igreja de Stª Clara e voltaremos a descer ao rio, agora pelas escadas do Codeçal. Voltamos à Ribeira e cruzamo-la completamente até à igreja de S. Francisco que possui no seu interior um dos mais belos exemplos de talha barroca. Logo ali, apanhamos o eléctrico que circula ao longo do rio. Vamos até Massarelos onde retomamos o nosso caminho pelo percurso do romântico entre quintas e palácios até aos jardins do Palácio de Cristal. Aqui, apreciaremos as vistas dos vários miradouros e respiramos um pouco de ar puro no meio da
luxuriante vegetação.

Terminaremos o passeio ao fim da tarde no Passeio das Virtudes, magnífico miradouro para ocidente com a ponte da Arrábida e o mar como pano de fundo. Daqui avistam-se magníficos por-do- sol na companhia de turistas e locais que festejam o fim do dia.

DOMINGO:
Início no terreiro da Sé em direcção à Rua Chã do Cativo. Entramos na Rua Augusto Rosa para logo virarmos para a Rua do Sol. Atravessamo-la até ao Passeio das Fontaínhas, cá de cima acompanhamos o rio Douro entre as pontes de Luis I e Maria Pia com a ponte do Infante de permeio. Vamos até às portas do monumental cemitério do Prado do Repouso sobranceiro à histórica e elegante ponte ferroviária. Fantástico miradouro.

Subimos a castiça Rua de S. Vitor, polvilhada das características Ilhas onde o S. João é mais que festa. Nesta rua podemos ainda apreciar ancestrais exemplos de comércio local, tabernas, mercearias e outras que tais. Dali é um saltinho até ao singular Bairro Herculano construído nos finais do Séc. XIX e impecavelmente preservado.

Atravessamos o jardim de S. Lázaro e a Praça dos Poveiros e passamos à porta do Coliseu até à Rua da Santa Catarina, logo ali, espera-nos o majestoso Café Majestic. Um hino à Belle Époque. Entremos e apreciemos.

Retomamos o caminho de olhos cheios e estômago confortado com um café “cimbalino” ou um chá com ou sem farrapinho de leite.

Viramos à esquerda na Rua Formosa e enquanto vamos admirando alguns dos mais castiços comércios da cidade, aproximamo-nos da alma viva do Porto, o mercado do Bolhão. Dobramos a entrada e vivenciamos este lugar com os seus cheiros, os seus sons e as suas gentes, entre comerciantes, clientes e turistas, todos em perfeita sintonia.

Voltamos à baixa para daí apanharmos o autocarro que nos vai levar a outras bandas da cidade.

Pelo caminho podemos apreciar o caracter de um lado mais moderno da cidade. Passamos pela emblemática Rotunda da Boavista com marcante monumento. A emblemática Casa da Música com as suas linhas arquitetónicas únicas no início da mais comprida Avenida do Porto, a da Boavista. Percorremo-la até metade, onde saímos para nos deliciarmos no Museu de Serralves envolvido pelos seus magníficos jardins quase paradisíacos.

Um pouco mais abaixo, entramos no Parque da Cidade, o maior, que se estende até ao mar, entra a praia de Matosinhos e o mítico Castelo do Queijo. Percorremos a marginal que liga à Foz do Douro até ao farol de Felgueiras, local especialmente espectacular quando mar está bravo.

Atravessamos o encantador jardim do Passeio Alegre, sempre com o rio ali ao lado, e junto à capela-farol de S. Miguel Arcanjo, seremos viajantes do 1, o eléctrico que nos levará até ao Infante, mesmo ao lado da já nossa conhecida igreja de S. Francisco.

Termina aqui e assim este itinerário de fim-de- semana, que muito nos deu a conhecer.

Preços:

145€ – 1 pessoa
115€ – 2 pessoas (preço/pessoa)
85€ – 3 a 6 pessoas (preço/pessoa)

Duração:

Sáb: 7h + 1h intervalo p/ almoço (n/incluído no preço)

Dom: 6h + 1h intervalo p/ almoço (n/incluído no preço)

Inclui:

  • Transportes durante o passeio
  • Entradas em recintos previstos no programa

Oferta de Video do passeio fotográfico (enviado por wetransfer até 1 semana após)

Exclui:
Viagens até ao Porto e de regresso a casa, alojamento, refeições, bebidas, ou qualquer outro tipo de consumo não previsto

Cuidados pessoais e condições climatéricas:

  • O Porto e o norte de Portugal têm um clima ameno e temperado, mas as noites podem ser frescas e existe alguma probabilidade de chover.
  • Traga consigo aquilo que ache necessário para vestir e para higiene pessoal, mas com moderação.
  • Roupa confortável, leve e fresca para o dia e camisola e casaco para as noites. Um impermeável leve pode ser útil. É fácil e barato adquirir um guarda-chuva no Porto.
  • Um ou dois pares de sapatos muito confortáveis é peça essencial.
  • Um boné ou chapéu é importante para proteger do sol.

Equipamento fotográfico:

O que quiser para registar imagens.

Contudo uma boa câmara dslr ou mirrorless com uma objectiva zoom grande angular e uma zoom tele, garantem-lhe uma cobertura suficiente para todas as situações (eu tenho uma Canon lente 70D c/ uma zoom 16/300 da Tamron e uma Canon 50 mm 1.8 e não preciso de mais). Um bom tripé é essencial para fotografia nocturna ou condições de luz mais fraca. Filtros, os que quiser (eu uso um polarizador).

  • Baterias suplentes e um suporte para backup, disco portátil, laptop (o que achar melhor) é muito importante.
  • Adaptador de tomada de luz (de preferência um modelo universal), para aqueles que vêm de fora da Europa.
  • Boa disposição e alegria e vontade de se divertir.
  • Um sorriso recebe em troca muitos sorrisos.

Termos e Condições
Poderá consultar todos os termos e condições dos passeios fotográficos aqui.

pictury-photo-tours-tram-ribeira-porto-portugal
Vista do morro da Sé no Porto
Ribeira do Porto by José Manuel Santos
torre-clerigos-porto-portugal
artigo-o-cabedelo-no-porto-pictury-photo-tours-porto-portugal
ribeira-porto-portugal